terça-feira, 25 de outubro de 2011

Dualismo




Conversavámos sobre esse dualismo de certezas incertas, sobre tudo acima do nada e do sufoco confrontando a lógica das circustâncias.
Estavamos infligindo a lei dos nossos limites e entrando no abismo dos nossos segredos.
Revelando-nos o que nos tinha massacrado a mente e o coração, procurando um motivo a mais para continuar a correr.
Andando pela vida.
Sentamos abaixo do pálido azul celeste, olhando as águas inudarem o chão... seco. Sem vida.
Desfrutávamos do dualismo.

"Você nunca atrapalha."
"Só vou embora se você for?"
"Não aconteceu porque parecia que você não queria."
"Você é boa de mais para mim."
"Pensei que já tinha deixado isso claro."

Pensamos...
e ficamos sentadas as duas relembrando e sentindo o efeito
que as frases vazias ainda causavam.
Chegamos a conclusões práticas, sem somas.
Apenas subtraiamos.
Tiramos o azul pálido de nossas visões, as noites de luar,
as mensagens e os murmúrios do que poderia um dia ser realidade.

Foi a nossa melhor escolha, concordamos enfim.
Levantamos e seguimos um caminho conhecido,
Estávamos mais leves e riamos do tudo, do ser, do estar
do querer, do ter que parar. Rimos da vida.
Rimos da prisão penumbrosa que tinhamos dos nossos pensamentos dualistas.

A pipoca, Eu e Ela.

Um comentário:

  1. Chegou o livro mais polêmico e revelador dos últimos tempos!
    = O POMO DE OURO =
    Sinopse: Henrique foi instruído nos mistérios da Maçonaria desde criança e tornou-se um bom Mestre Maçom. Entretanto, por ocasião dos atentados ao World Trade Center, no dia 11 de setembro de 2001, Henrique descobriu coisas tão perturbadoras que fizeram ele se afastar da Maçonaria e isolar-se do mundo, até que sua amiga Eva Cristina foi procurá-lo para ajudá-la a decifrar um código que o pai dela havia deixado numa carta antes de falecer em suas explorações arqueológicas. A partir daí, Henrique se vê obrigado a usar de seus conhecimentos secretos da Maçonaria para ajudar Eva a encontrar e devolver a quem de direito um objeto do qual depende o futuro da humanidade: o pomo de ouro.

    Com uma narrativa dinâmica e envolvente para uma trama repleta de mistério, aventura e reviravoltas, o leitor é apresentado a uma série de contradições envolvendo os atentados de 11 de setembro, se torna conhecedor das mentiras da Igreja Católica e dos mais finos mistérios da Maçonaria, além da interpretação contundente de um conjunto de profecias que parece estar se concretizando a todo o momento em nosso tempo.

    É a leitura mais rica e mais polêmica dos últimos tempos. Um livro único e imperdível!

    TODOS PODEM LER 20 CAPÍTULOS DO LIVRO GRATUITAMENTE NO BLOG:
    http://opomodeouro1.blogspot.com/

    ResponderExcluir